Convocação foi maior emoção da minha vida, diz Cris

Bicampeão francês pelo Lyon, o zagueiro Cris foi um dos 23 convocados pelo técnico Carlos Alberto Parreira, nesta segunda-feira, para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo da Alemanha. "Tirando o nascimento dos meus filhos, com certeza foi a maior emoção da minha vida", admitiu o jogador em entrevista à BBC Brasil, acrescentando que ainda não conseguia acreditar que tinha sido chamado.Cris contou que acompanhou a convocação em casa, pela televisão. E ficou muito emocionado na hora em que ouviu seu nome. "Eu não sabia se eu chorava, se eu dava risada, se eu gritava, se eu pulava. A minha mulher chorava, a gente se abraçou e choramos, porque é um momento único e a gente tem que comemorar junto", revelou o zagueiro, que levou um banho de champanhe para comemorar.Outras "surpresas" O lateral-esquerdo Gilberto, que disputava vaga com Gustavo Nery, foi outro convocado nesta segunda-feira por Parreira. "Estava procurando na internet, porque estou indo para o Brasil, quando a minha mãe me ligou confirmando", revelou o jogador do Hertha Berlin, ainda no aerporto.Já o atacante Fred, que ganhou a disputa da vaga com Ricardo Oliveira, disse que foi difícil segurar a ansiedade. "Fui dormir às 3h30, mas fiquei acordando toda hora. Tirei um peso das costas", revelou o jogador do Lyon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.