Convocado, André Santos desabafa contra críticas

Um dia depois de ser convocado pela primeira vez para a seleção brasileira, o lateral-esquerdo André Santos fez um desabafo e procurou dar um ponto final num assunto que o incomoda bastante. "Quem está desse lado fala o que quer. Mas quem vive comigo sabe que não sou mascarado. Não tenho dúvida de que vou sempre ser o André que sempre fui, desde que cheguei ao Corinthians", disse o jogador, no CT do Parque Ecológico.

AE, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 20h25

André Santos tem sido alvo de críticas por exagerar em jogadas individuais. Depois do empate sem gols contra o Botafogo, no último domingo, ele foi cobrado por outros jogadores do elenco corintiano, como o volante Cristian, o goleiro Felipe e o zagueiro Chicão. O motivo foi que naquela partida o lateral preferiu tentar uma jogada individual em vez de passar a bola para Ronaldo, que estava melhor colocado, e acabou perdendo grande chance de gol.

Sobre a convocação para a seleção, André Santos disse que realizou "um sonho de criança" ao ser chamado por Dunga para a disputa de dois jogos das Eliminatórias, contra Uruguai e Paraguai, e também da Copa das Confederações. Ele contou que ficou sabendo que estava na lista pela tevê. "Meus familiares me ligaram na hora, muita gente me ligou para parabenizar. Fiquei muito emocionado. O Ronaldo também me ligou para dar os parabéns", revelou o lateral.

Com a convocação, André Santos irá desfalcar o Corinthians na segunda semifinal da Copa do Brasil, diante do Vasco, e no primeiro jogo de uma eventual final. "É preciso ter dois corações, um para deixar no Corinthians e outro na seleção. Vou torcer muito pelo Corinthians e vibrar bastante onde estiver. Pedirei esse título de presente para meus companheiros", disse o lateral.

Jogar na seleção deverá lhe dar mais visibilidade. Pelo menos essa é a aposta da Turbo Sports, empresa que detém parte dos direitos de André Santos. "A chance dele sair do Corinthians é maior. É uma marca no currículo e é natural que chame atenção?, disse Régis Villas Boas, representante da Turbo Sports.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.