Vincent West/ Reuters
Vincent West/ Reuters

Convocado, Carlos Vela pode voltar à seleção mexicana em amistosos

Jogador barrado por 'falta de comprometimento' deve retornar à seleção para os amistosos contra Holanda e Bielo-Rússia

Estadão Conteúdo

28 de outubro de 2014 | 16h49

Quase nove meses depois de ser barrado pela Federação Mexicana de Futebol por "falta de comprometimento", o atacante Carlos Vela pode voltar à seleção do seu país. Ele foi convocado nesta terça-feira pelo técnico Miguel Herrera para os amistosos que o México fará contra Holanda e Bielo-Rússia em novembro.

Vela, que defende a Real Sociedad, não joga pelo México desde março de 2011. Depois disso, ele recebeu algumas convocações, incluindo para a Olimpíada de Londres/2012, mas recusou todas. Em fevereiro, se reuniu com a federação mexicana e com Herrera, de onde a entidade concluiu que o atacante não estava comprometido com a seleção de seu país, deixando-o fora da Copa.

Em boa forma pela Real Sociedad (que briga para não cair no Espanhol) fez Vela ser convocado por Herrera, ainda que não se saiba se ele aceitará o chamado. Outro lembrado na lista desta terça-feira foi Jonathan dos Santos, que, em 2012, pediu para não ser mais convocado pelo México.

Revelado na base do Barcelona, Jonathan é filho do brasileiro Zizinho. Aos 24 anos, vem jogando pelo Villarreal, da Espanha. Giovani dos Santos, seu irmão e colega de equipe também foi convocado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.