Convocado, Nery admite estar sem ritmo

O jogador mais surpreso na convocação de Parreira para a seleção brasileira foi Gustavo Nery. A última partida em que ele jogou os 90 minutos aconteceu no dia 30 de agosto de 2004 contra o Wolfsburg, na Alemanha. Agora no Corinthians, disputou apenas 45 minutos contra o Cianorte, na derrota de quarta-feira pela Copa do Brasil."Não esperava ser chamado agora. Acho que a Copa América ajudou. Isso, tinha até esquecido: foi a Copa América. Aposto que foi pela Copa América que o Parreira lembrou de mim", disse Gustavo Nery.O lateral-esquerdo teve que operar duas vezes o punho esquerdo quando foi jogar no Werder Bremen. Atuou três vezes pelo Campeonato Alemão em 2004. Esse ano participou de cinco amistosos, mas não chegou a atuar 90 minutos em nenhum."Estou fora de ritmo. Não vou mentir. Mas a convocação sempre anima. Se o Parreira precisar de mim em campo nestes jogos da seleção, estarei pronto. Vou na base da vontade", garantiu Gustavo Nery.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.