Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Convocado por Tite, Weverton agradece ao Palmeiras por chance na seleção

Goleiro retorna a aparecer em lista e vai integrar elenco que disputará amistosos em março

Redação, O Estado de S. Paulo

28 de fevereiro de 2019 | 18h14

O goleiro Weverton, do Palmeiras, viveu um dia especial nesta quinta-feira. Logo depois de completar 500 jogos na carreira, ele foi convocado pelo técnico Tite para defender a seleção brasileira em amistosos na Europa, em março, e agradeceu ao Palmeiras pela oportunidade. Após quase dois anos sem ser chamado, o goleiro ganha a chance de integrar o grupo que vai enfrentar Panamá e República Checa.

Quando foi convocado pela última vez, em 2017, Weverton ainda estava no Athletico-PR. "O Palmeiras era a equipe que me daria a visibilidade e estrutura suficientes para eu voltar à seleção. O Tite tinha me convocado sete vezes antes da última Copa e sabia muito bem das minhas características e do quanto eu poderia ajudar", disse Weverton, que com a seleção brasileira foi campeão olímpico nos Jogos do Rio, em 2016.

O jogador do Palmeiras completou na quarta-feira 500 jogos como profissional durante a vitória por 3 a 2 sobre o Ituano, pelo Campeonato Paulista, e nesta quinta, durante folga do elenco, vibrou ao saber que estava convocado. Além dele, Tite chamou de goleiros Alisson, do Liverpool, e Ederson, do Manchester City.

Antes de Weverton, o último jogador do Palmeiras a ter sido convocado para a seleção brasileira havia sido Dudu. Em março de 2017 ele participou da equipe que enfrentou pelas Eliminatórias da Copa do Mundo o Uruguai, em Montevidéu, e o Paraguai, em São Paulo. "Todos nós temos boas recordações quando o assunto é goleiro palmeirense na seleção. O Marcos foi o último convocado e foi campeão do mundo. Espero dar continuidade nesta história, assim como fiz nas Olimpíadas", comentou Weverton.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.