Ivan Alvarado/Reuters
Ivan Alvarado/Reuters

Copa América no Brasil terá 16 seleções e pode ter convidados europeus

Até então, a competição contava com 12 equipes, sendo apenas duas convidadas

Estadao Conteudo

26 de abril de 2017 | 14h38

A Conmebol confirmou nesta quarta-feira que a Copa América de 2019, a ser realizada no Brasil, contará com 16 seleções. Além das 10 equipes da América do Sul, haverá seis equipes convidadas. Cogita-se até dar convite a seleções europeias.

Até então, a Copa América contava com 12 equipes, sendo apenas duas convidadas. Na edição de 2015, as seleções do México e da Jamaica foram as convidadas. Este sistema vinha sendo utilizado desde a edição de 1993, no Equador. O time mexicano vem participando constantemente da competição desde então.

O novo tamanho da Copa América foi definido no 67º Congresso da Conmebol, em Santiago, no Chile. O presidente da Fifa, Gianni Infantino, também participa do evento. Com a oficialização dos dirigentes da entidade, a Copa América passará de 12 para 16 seleções a partir de 2019.

Será a última edição do campeonato em ano ímpar. A partir de 2020, a Copa América será sempre disputada em anos pares, coincidindo com os anos de disputa da Eurocopa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa América

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.