Copa América tem 1º caso de doping

A Copa América registrou hoje o primeiro caso de doping. O meio-campista hondurenho Oscar Lagos foi suspenso pelo comitê disciplinar da Confederação Sul-Americana de Futebol (CSF) por uso de cocaína e maconha - substâncias proibidas pela legislação esportiva. O jogador foi submetido a exames para detecção de doping após a partida contra a Costa Rica, no último dia 13, pela rodada de abertura da Copa América. Honduras perdeu o jogo por 1 a 0.Logo depois de ser notificado do resultado do exame, hoje pela manhã, Lagos deixou a concentração da equipe em Manizales e voltou sózinho para Tegucigalpa, a capital hondurenha, por determinação do técnico da equipe, Ramón Maradiaga. A seleção de Honduras enfrenta o Brasil nesta segunda-feira, pelas quartas-de-final da Copa América.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.