Copa começa com festa e homenagem a campeões mundiais

Uma bonita festa e homenagens aos campeões mundiais marcaram a cerimônia de abertura da 18ª Copa do Mundo, nesta sexta-feira, no Allianz Arena, em Munique. Pontualmente às 16h23 (horário local), integrantes de uma banda tipicamente alemã iniciaram a apresentação dos costumes do país germânico. Crianças, mulheres e homens dançaram e cantaram para mostrar a tradição da Alemanha. Até grupo de hip hop, estilo de música muito admirada pela população local, se apresentou no gramado.Após as apresentações, a modelo Claudia Schiffer e o brasileiro Pelé, o maior jogador de todos os tempos, entraram com a Taça Fifa, que será entregue ao campeão no dia 9 de julho. A partir daí, os torcedores que já lotavam o Allianz Arena deliraram com as entradas de vários campeões mundiais. Vibraram desde o inglês Bobby Charlton (vencedor em 1966) até as três gerações de campeões alemães (1954, 1974 e 1990).Como pentacampeão mundial, os jogadores brasileiros foram os últimos a entrar. Logo na primeira fila, Clodoaldo e Félix, dois dos heróis do tri no México, em 1970. Mais de 40 ex-jogadores e dois que conquistaram o penta em 2002 (o atacante Luizão e o meia Kléberson) apareceram em seguida para festejar. Até Pelé, que estava no palco, quis se juntar aos seus ex-companheiros.Para encerrar a festa, veio o anúncio oficial da abertura do torneio. O presidente da Alemanha, Horst Köhler, fez um rápido discurso para abrir oficialmente a Copa do Mundo. Ao seu lado estavam o presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, e o presidente do Comitê Organizador do Mundial, o alemão Franz Beckenbauer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.