Copa da Alemanha termina com 7 mil delitos e 875 feridos

A polícia alemã concluiu que o esquema de segurança utilizado na Copa do Mundo funcionou perfeitamente. No balanço divulgado nesta segunda-feira, durante a disputa da competição aconteceram 7 mil delitos - a maior parte envolvendo torcedores embriagados e violentos. No total, 875 pessoas ficaram feridas, das quais 200 eram policiais.Segundo Michael Endler, diretor da Central de Informação para Eventos Esportivos (ZIS), ocorreram 9 mil prisões ao longo da Copa, no entanto, grande parte delas foram apenas por prevenção. No total, 38% dos casos registrados tiveram relação com violência entre torcedores.Para Endler, "o balanço da polícia mostrou que o conceito de segurança projetado pelo governo alemão, em colaboração com polícias estrangeiras e o exército, funcionou muito bem". O diretor ainda afirmou que a experiência da Alemanha nessa Copa poderá ser aproveitada para futuros eventos esportivos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.