Sebastião Moreira/EFE
Sebastião Moreira/EFE

Copa das Confederações dá US$ 20 milhões em prêmios

O vencedor da competição leva US$ 4,1 milhões e o segundo lugar fica com US$ 3,6 milhões

PAULO FAVERO, Agência Estado

29 de novembro de 2012 | 16h22

A Fifa realizou na tarde desta quinta-feira, no Hotel Renaissance, em São Paulo, um workshop com as seleções que vão disputar a Copa das Confederações de 2013 no Brasil. Durante o evento para passar informações sobre a organização da competição, a entidade revelou aos participantes que a premiação total é de US$ 20 milhões, valor que será dividido de acordo com a classificação final de cada equipe.

Assim, a seleção que conquistar o título da Copa das Confederações em 2013 receberá um prêmio de US$ 4,1 milhões. A vice-campeã levará US$ 3,6 milhões, enquanto a terceira colocada fica com US$ 3 milhões e a quarta fatura US$ 2,5 milhões. As outras quatro participantes, que forem eliminadas ainda na primeira fase do torneio, terão direito a um valor de US$ 1,7 milhão cada uma.

Prevista para acontecer entre os dias 15 e 30 de junho do ano que vem, em seis cidades brasileiras (Rio, Brasília, Recife, Salvador, Fortaleza e Belo Horizonte), a Copa das Confederações já tem definidas sete das oito seleções participantes: Brasil, Espanha, Itália, Uruguai, México, Taiti e Japão - falta apenas o campeão africano, que será conhecido em fevereiro.

Os treinadores de cinco seleções classificadas participaram do workshop desta quinta-feira em São Paulo: Oscar Tabarez (Uruguai), Cesare Prandelli (Itália), Vicente del Bosque (Itália), Eddy Etaeta (Taiti) e Jose Manuel De La Torre (México). Alberto Zaccheroni, do Japão, não apareceu no encontro, mas foi representado por membros da sua comissão técnica.

Anunciado oficialmente na manhã desta quinta-feira, no Rio, como o novo técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari não participou do workshop em São Paulo - foi representado por um funcionário da CBF. Mas ele estará presente na entrevista coletiva com todos os treinadores da Copa das Confederações, que acontece nesta sexta, também na capital paulista.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, participou da abertura do workshop, ao fazer um pronunciamento para os participantes. Assim como os representantes de todas as seleções, ele fica em São Paulo até sábado, quando acontece o sorteio dos grupos da Copa das Confederações.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFifaCopa das Confederações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.