Copa de 2006 criará 50 mil empregos

A Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, trará inúmeros benefícios para o país. De acordo com cálculos da Federação Alemã de Futebol e da Agência de Trabalho da Alemanha, divulgados nesta segunda-feira, o Mundial criará cerca de 50 mil novos empregos. Deste total, cerca de dez mil serão permanentes. Heinrich Alt, membro do conselho de direção da Agência de Trabalho, ressaltou que os trabalhos de melhora da infra-estrutura das doze cidades que receberão jogos da Copa já contribuíram com mais de 20 mil vagas no setor de construção. Para realizar o Mundial, todos os estádios foram construídos ou passaram por uma reformulação completa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.