Filipe Araújo/Estadão
Filipe Araújo/Estadão

Copa de 2014 tem 6,2 milhões de pedidos de ingressos

No total, foram realizados mais de 6 milhões de demandas em todo o mundo

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 13h53

SÃO PAULO - A Fifa revelou que a primeira etapa da venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2014, encerrada às 7 horas desta quinta-feira, teve aproximadamente 6,2 milhões de pedidos de entradas. Como a demanda para vários jogos foi muito superior à oferta, serão realizados sorteios para definir os compradores dos ingressos mais procurados, como explicado anteriormente pela entidade.

O número exato de pedidos foi de 6.164.682 pedidos, sendo 70,86% (4.368.029) deles feitos no Brasil e 29,14% de outros país, em um total de 203 nações diferentes. Os Estados Unidos foram, depois do Brasil, quem mais realizou pedidos, com 374.065, seguidos por Argentina (266.937), Alemanha (134.899), Chile (102.288), Inglaterra (96.780), Austrália (88.082), Japão (69.806), Colômbia (55.379) e Canadá (49.968), nessa ordem.

Os ingressos mais procurados foram para os jogos de abertura, da seleção brasileira e para a final, marcada para o dia 13 de julho de 2014, no Maracanã, que puxa a lista com 751.165. Esta partida é seguida pela abertura da próxima Copa do Mundo, em São Paulo, no dia 12 de junho, com 726.067 solicitações. As cidades-sede com maior procura foram São Paulo, Rio e Curitiba. Já os carnês de ingressos de seleções específicas mais procurados foram os das já classificadas Argentina e Holanda.

Na parte inicial do sorteio, todos os pedidos de ingressos enviados por solicitantes qualificados para acesso prioritário de acordo com a Lei Geral da Copa - pessoas idosas, estudantes e beneficiários do Bolsa Família - serão sorteados para os mais de 300 mil ingressos reservados da categoria 4. Em seguida, serão distribuídos os demais ingressos da categoria 4 e os outros ingressos de todas as outras categorias.

A Fifa explicou, ainda, que até o dia 4 de novembro, os interessados serão comunicados se tiveram ou não solicitação efetivada. As pessoas precisam ter fundos suficientes para realizar a compra dos ingressos. Se a operação não tiver êxito, os ingressos serão redistribuídos. O processo de venda de ingressos por meio do site da Fifa será retomado no dia 5 de novembro e seguirá até 28 de novembro. Nessa próxima fase, as entradas serão vendidas por ordem de pedido dependendo da disponibilidade.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa de 2014Fifaingressosfifa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.