Copa do Brasil: festa para políticos

O presidente do Bandeirante de Birigui, Ademir Wellington de Oliveira, está revoltado. O time ganhou a Copa do Interior no ano passado, conquistando o direito de disputar a Copa do Brasil. Mas a CBF ignorou o Bandeirante e convidou o Bragantino. A Copa do Brasil tem 64 times, dos quais 16 são ?convidados?. Nesses casos, a influência de políticos e dirigentes é quase sempre decisiva.Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

17 de janeiro de 2002 | 10h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.