Copa do Brasil: S. André joga no Pacaembu

Santo André e 15 de Novembro, de Campo Bom-RS, começam a decidir as semifinais da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 21h45, no Estádio do Pacaembu,em São Paulo. A partida, que deveria acontecer no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, foi transferida por causa da reforma iniciada no gramado. Antes mesmo que fosse notificada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Prefeitura de São Caetano começou asobras. O fato estranho deixou em dúvida até mesmo de um "descuido" proposital para que o rival não usasse seu campo. Os funcionários colocaram terra na área oposta aos vestiários e iniciaram a reforma do gramado. A direção do clube, porém, alegou que tudo já estava programado, porque o São Caetano só volta a atuar no Campeonato Brasileiro dia 20, pela décima rodada, contra o Palmeiras. A informação de que o jogo aconteceria em São Caetano está sendo divulgada pela CBF e pela imprensa desde que o Santo André se classificou diante do Palmeiras, na quinta-feira. Como o Estádio Bruno José Daniel, do Santo André, não comporta os 20 mil espectadores estabelecidos pelo regulamento, e sem o campo do rival, a direção do clube optou pelo Pacaembu. "Até mesmo porque pode facilitar a presença da torcida da capital", explicou o presidente Jairo Livólis. O técnico Péricles Chamusca usou o treinamento tático da tarde para definir o time que manterá o esquema 3-5-2. O treinador não poderá contar com o volante Ramalho e com o meia Élvis, ambos suspensos pelo terceirocartão amarelo. Marquinhos e Tássio entram no time. Com relação ao adversário, o técnico comentou. "Vi alguns jogos deles por meio de de fitas. É um time corajoso, que tem forte conjunto. Nesta altura da competição, ninguém pode desprezar ninguém", disse Chamusca, citando como exemplo o próprio Santo André que derrubou o favorito Palmeiras nas quartas-de-final.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.