Alemanha acredita que Gana será adversário mais difícil do que Portugal

Auxiliar-técnico alemão acredita que força física dos africanos será um diferencial que dificultará jogo dos europeus

Mateus Silva Alves, O Estado de S. Paulo

19 de junho de 2014 | 05h00

A Alemanha transformou em simples um jogo que parecia bastante complicado, contra Portugal, mas nem por isso espera encontrar facilidade em seu segundo compromisso na Copa do Mundo, no sábado, contra Gana, em Fortaleza. A força física da equipe africana preocupa a comissão técnica alemã, que prevê um jogo bem mais difícil do que o da estreia no torneio.

Embora Gana não conte com nenhum jogador que chegue sequer perto do nível de Cristiano Ronaldo, os alemães acreditam que será bem mais complicado derrotar os ganeses do que foi vencer os portugueses.

"Gana tem um time muito robusto, com jogadores fisicamente muito fortes", comentou o auxiliar-técnico da Alemanha, Hansi Flick. "Não acredito que encontraremos neste jogo tanto espaço para atacar quanto tivemos contra Portugal."

Outro fator que preocupa a seleção da Alemanha são os contra-ataques de Gana, time que tem jogadores velozes na frente. Contra Portugal, time que tem como ponto mais forte justamente os contra-ataques, a defesa da seleção tricampeã mundial se saiu muito bem nesse quesito, pois não ofereceu espaço para Cristiano Ronaldo correr com a bola. A missão é repetir a dose no sábado.

"Quando estivermos no ataque, o pessoal da nossa defesa precisará ficar muito atento aos jogadores de frente de Gana", disse Flick. "Contra Portugal nós fizemos isso muito bem."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.