Apagado na seleção, Fred mantém confiança da comissão técnica

Com estatísticas ruins nos primeiros jogos, atacante tem a missão de ajudar o time, mesmo que não participe de todos os gols do Brasil

Robson Morelli - Enviado especial a Teresópolis, O Estado de S. Paulo

22 de junho de 2014 | 16h34

 A situação de Fred não é das mais confortáveis na seleção, mas só depende dele melhorar seu rendimento porque Felipão demonstrou confiança no atacante a ponto de mantê-lo na equipe para a partida contra Camarões, a última da equipe nesta primeira fase. Se quisesse, o treinador poderia mudar e dar chance ao reserva Jô. Preferiu gastar sua última ficha em titular.

A movimentação tímida de Fred e seu pouco apetite de buscar a bola durante as partidas foram visíveis nos jogos contra Croácia e México. Além da impressão do torcedor, os números comprovam a má fase do camisa 9 do Brasil, embora do confronto com os croatas para a disputa diante dos mexicanos, Fred teve ligeira melhora. De acordo com os números do Estado, na estreia, quando a seleção ganhou por 3 a 1, Fred não deu sequer um chute ao gol. Teve zero de assistência para os companheiros e dos 435 passes que o time de Felipão trocou durante os 90 minutos, participou de oito deles (1,8%). 

Mas foi graças a uma das duas faltas que sofreu naquela partida que o Brasil saiu da enrascada em que estava se metendo após o gol contra de Marcelo. O pênalti convertido por Neymar deu outra cara à seleção, e sua primeira e única vitória até agora na Copa.

Contra os mexicanos, a impressão do torcedor denunciou um Fred mais paradão ainda, sem tocar na bola e, por vezes, totalmente fora do jogo, aumentando a impaciência do brasileiro e também do treinador, que o sacou da equipe aos 23 minutos do segundo tempo. Em Fortaleza, no entanto, Fred deu dois chutes certos ao gol, embora tenha ficado quatro vezes impedido e diminuído sua participação nos toques do Brasil: de oito passes para apenas seis.

Parreira disse neste domingo que confia no atacante, mas também cobrou mais empenho e movimentação dele contra Camarões.O Brasil precisa vencer para confirmar sem sustos a primeira colocação do grupo. Ainda antes de começar a Copa, Felipão admitiu ter avisado Fred que ele não precisa fazer todos gols do Brasil. Basta ajudar o time. 

NÚMEROS DE FRED

1º jogo - contra a Croácia

Gols - 0

Assistências - 0

Chutes a gol - 0

Chutes certos - 0 

Impedimentos - 0

Passes - 8 de 435 do Brasil (1,8%)

Roubadas de bola - 1

Carrinhos - 0

Faltas cometidas - 0

Faltas sofridas - 2

Distância percorrida - 9.187 metros

Minutos em campo - 90

2º jogo - contra o México

Gols - 0

Assistências - 0

Chutes a gol - 2

Chutes certos - 2

Impedimentos - 4

Passes - 6 de 352 do Brasil (1,7%)

Roubadas de bola - 0

Carrinhos - 0      

Faltas cometidas - 0

Faltas sofridas - 1

Distância percorrida - 6.490 metros

Minutos em campo - 68

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.