Buffon fala em 'fracasso' caso a Itália caia na primeira fase

Goleiro italiano, porém, aproveitou para tentar transmitir otimismo aos companheiros de equipe: 'Temos dois resultados a nosso favor'

Luís Augusto Monaco - enviado especial a Natal, O Estado de S. Paulo

22 de junho de 2014 | 18h39

O capitão Buffon disse neste domingo que se a Itália cair na primeira fase (o que acontecerá se perder para o Uruguai na terça-feira) será um grande fracasso. Mas aproveitou a entrevista coletiva para tentar transmitir otimismo aos seus companheiros, principalmente aqueles que nunca tinham disputado uma Copa do Mundo. "Esta é minha décima competição com a seleção, e a única vez em que chegamos à última rodada da fase de grupos já classificados foi na Copa das Confederações do ano passado. Contra o Uruguai será uma decisão, mas temos dois resultados a nosso favor."

Para o goleiro, se sobreviver no Mundial a Itália ainda terá muitos problemas pela frente. "Vendo o que podemos encontrar mais adiante, dá a impressão de que o jogo contra o Uruguai é apenas o início dos nossos problemas." Caso se classifique em segundo lugar, como é mais provável (para ficar em primeiro a equipe precisa ganhar terça-feira, torcer para a eliminada Inglaterra bater a já classificada Costa Rica e ainda descontar uma diferença de três gols no saldo), a Azzurra deverá enfrentar a Colômbia nas oitavas de final e, se passar, pode cruzar com o Brasil nas quartas.

Ele mostrou que confia plenamente no técnico Cesare Prandelli para conduzir a equipe à classificação depois do que definiu como "uma pancada forte", que foi a derrota para a Costa Rica. "Uma das qualidades do nosso técnico é encontrar um jeito de sempre colocar em campo uma equipe equilibrada quando temos ausências importantes, como será o caso de De Rosssi desta vez, ou estamos num momento psicológico não muito bom. Ele é um mestre nisso, e tenho certeza de que desta vez não será diferente."

Por fim, Buffon disse como cada jogador entrará em campo para a decisão. "Com o coração quente e a cabeça fria."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.