Diego Lugano mostra indignação com punição de Suárez e se solidariza

Para o capitão da seleção uruguaia, julgamento do atacante foi injusto. 'Não nos julgam com a mesma vez', escreveu o zagueiro

AE, Agência Estado

26 de junho de 2014 | 15h58

Diego Lugano manifestou indignação com a punição atribuída ao companheiro da seleção uruguaia Luís Suárez. O veterano zagueiro da equipe celeste publicou mensagem em sua página pessoal no Facebook se solidarizando com o amigo e revelando o espírito que tomou conta do elenco depois de saber que não poderá mais contar com o atacante na Copa do Mundo.

"Indignação, impotência. Acho que isso é o que todos nós sentimos. Todos nós gostaríamos de um mundo mais justo, mas, simplesmente, esse mundo não existe. Os que mandam, mandam, e os fortes, são os fortes... Não nos julgam com a mesma lei", disse.

"Abraço a Luis, que, como sempre, se levantará, e também à sua família, que é quem mais sofre nestes casos. Continuem sentindo orgulho dele. Ele merece. Nada irá nos deter. Seguiremos adiante com humildade, união, compromisso, reconhecendo os erros e com a cabeça sempre erguida."

Antes do veredicto da Fifa, Lugano já havia defendido o jogador. Para ele, a polêmica mordida ao italiano Giorgio Chiellini estava sendo exagerada pela imprensa, inclusive a brasileira. Agora, sem Suárez, o Uruguai pega a seleção da Colômbia nas oitavas de final, sábado, no Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.