Em dia de visitas à seleção, pai de Willian pede filho titular

A manhã de terça-feira não teve atividades na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), mas mesmo assim a concentração da seleção brasileira durante a Copa do Mundo ficou movimentada. Afinal, os jogadores e a comissão técnica têm o dia livre e recebem a visita de familiares e amigos.

Leandro Silveira - Enviado especial a Teresópolis, Agência Estado

24 de junho de 2014 | 13h58

Uma dessas visitas foi a de Severino, pai do meia-atacante Willian. Antes de entrar no CT da seleção, ele pediu mais chances ao seu filho na seleção. "Ele tem que ter mais oportunidades, precisa ser titular", cobrou o pai de Willian, um dos poucos parentes de jogadores a conversar com a imprensa na manhã desta terça-feira.

Mas não foi só o pai de Willian que aproveitou a oportunidade de visitar o filho. Parentes dos goleiros Jefferson e Julio Cesar, dos volantes Paulinho e Ramires, do zagueiro Thiago Silva, dos atacantes Neymar e Jô, do coordenador técnico Carlos Alberto Parreira, entre outros, chegaram ao local nesta terça-feira.

Depois de derrotarem a seleção de Camarões por 4 a 1 em Brasília, na última segunda-feira, em triunfo que garantiu a classificação do Brasil para as oitavas de final da Copa, os jogadores chegaram à Granja Comary no início da madrugada, à 1h15. Agora, eles estão tendo a terça-feira de folga.

Assim, foi possível ver alguns jogadores andando pelos arredores da concentração e aproveitando o dia de folga, o clima bom, com sol, em Teresópolis, e abertura da Granja Comary aos familiares pela comissão técnica para eles relaxarem.

O técnico Luiz Felipe Scolari, acompanhado pelo auxiliar Murtosa, fez uma caminhada pelos campos do centro de treinamentos da seleção, o que é rotineiro desde a chegada da equipe ao local, no final de maio, quando iniciou a preparação para a Copa.

Desde então, a seleção teve três folgas. Esta, porém, é a primeira vez em que os jogadores precisaram permanecer concentrados na Granja Comary, pois nas outras oportunidades eles podiam realizar viagens, só retornando ao local na manhã do dia seguinte.

Após a folga desta terça-feira, a seleção volta a treinar nesta quarta, às 13 horas, em Teresópolis. A atividade será a primeira da seleção na preparação para o duelo com o Chile, domingo, em Belo Horizonte, pelas oitavas de final da Copa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.