Foi o melhor jogo da Argentina na Copa do Mundo, diz Lionel Messi

Atacante marcou duas vezes e foi o home da partida, pela terceira vez consecutiva, na vitória contra a Nigéria, por 3 a 2

Gonçalo Júnior - Enviado Especial a Belo Horizonte, O Estado de S. Paulo

25 de junho de 2014 | 16h43

O melhor jogo da Argentina na Copa. Foi assim que Lionel Messi definiu a vitória sobre a Nigéria por 3 a 2, na tarde desta quarta-feira, no Beira-Rio. "Estou muito feliz por como as coisas estão acontecendo até aqui. Não podemos cometer nenhum erro de agora em diante. Se errarmos estamos fora. Esperamos seguir evoluindo. A Argentina teve seu melhor jogo hoje e queremos ficar assim", afirmou o craque argentino.

Com os dois gols que marcou na vitória sobre a Nigéria, Messi assumiu a artilharia da Copa ao lado de Neymar, ambos com quatro gols, e se disse bastante emocionado com os milhares de argentinos que invadiram o Brasil para acompanhar o Mundial. Para o jogo no Beira-Rio, cerca de 40 mil torcedores cruzaram a fronteira entre os dois países e foram a Porto Alegre, de acordo com a Polícia Federal.

"Eu me emocionei ao ver tanto argentino aqui. Sabia que eles viriam, mas não esperava que fossem tantos. Hoje estava lindo e na outra partida foi igual. Está sendo lindo ver todas essas pessoas. Que sigam sonhando que vamos fazer o melhor nessa Copa", afirmou o craque argentino, que foi eleito pelo terceiro jogo seguido o melhor em campo.

Ao comentar a declaração do técnico nigeriano Stephen Keshi, que afirmou que Messi era de outro planeta, o astro argentino sorriu e devolveu os elogios, mas lamentou as falhas da defesa da sua seleção. "Jogamos com uma equipe que queria jogar, que tem bons jogadores, e isso abriu espaço para os nossos atacantes trabalharem. Conseguimos entrar, nos movimentamos. Mas tomamos dois gols e temos que trabalhar para que isso não aconteça", avisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.