Metade dos times nas oitavas de final da Copa do Mundo é americana

Desempenho do continente é o melhor da história dos Mundiais

AE, Agência Estado

26 de junho de 2014 | 19h33

A Copa do Mundo de 2014 não é apenas a Copa do Brasil, mas é também a Copa da América. Prova disso é que metade dos 16 times classificados para as oitavas de final é americano: Brasil, Chile, Colômbia, Uruguai, Argentina, EUA, México e Costa Rica. Assim, só duas seleções das Américas foram eliminadas na primeira fase: Honduras e Equador, que estavam ambas no Grupo E, do qual passaram França e Suíça.

O desempenho das Américas na Copa de 2014 é o melhor da história dos Mundiais. Em 2010, foram sete classificados para as oitavas - na ocasião estava o Paraguai, que este ano deu lugar a Colômbia e Costa Rica. Como comparação, haviam chegado às oitavas quatro times americanos em 2006 e apenas três em 2002. Na última Copa jogada no continente, em 1994, nos EUA, quatro times americanos avançaram.

Por outro lado, o desempenho dos europeus manteve a média baixa registrada em 2010. Naquele Mundial, como neste, apenas seis times da Europa chegaram à oitavas de final, menos da metade das 13 seleções que o continente leva à Copa. Tradicionalmente a Europa é quem mais classifica às oitavas: foram 10 times em 2006, 1998 e 1994 e nove em 2002.

Depois de classificar dois times às oitavas na África do Sul (Japão e Coreia do Sul), a Ásia fez feio no Brasil e suas quatro equipes não conseguiram uma vitória sequer. Por fim, a África ainda tem dois times vivos (Argélia e Nigéria), algo que nunca havia conseguido fazer. Desde 1986, quando a Copa passou a ter mata-mata já nas oitavas, os africanos sempre classificavam um time por edição.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolCopa do Mundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.