'Não existem mais Cinderelas no futebol', diz Buffon após derrota

Goleiro reconhece superioridade da Costa Rica em derrota italiana

AE, Agência Estado

20 de junho de 2014 | 18h46

Se fosse brasileiro, Buffon talvez recorresse ao clichê de que "não existe mais bobo no futebol". Mas, como é italiano, para ele "não existem mais Cinderelas no futebol". Reação natural de um goleiro que se igualou a nomes como Maldini e Cannavaro como italianos que entraram em campo em Copas do Mundo e viu o time tetracampeão mundial levar 1 a 0 da Costa Rica no Recife.

"No futebol não há mais Cinderelas, especialmente em uma competição como a Copa do Mundo. Queríamos fazer melhor e acreditávamos que havíamos nos preparado bem para este jogo. Ao invés disso, tivemos dificuldades e eles mereceram a vitória", disse o goleiro, após a partida que garantiu a classificação da Costa Rica para a segunda fase da Copa do Mundo.

O goleiro não esqueceu, porém, que a Itália continua precisando empatar com o Uruguai na última rodada, terça-feira em Natal, para avançar à próxima fase. Mesmo se tivesse vencido a Costa Rica, precisaria deste resultado para não depender de mais ninguém.

"Temos também que olhar para o lado positivo. Mesmo que tivéssemos vencido, não teria mudado nada e teríamos que ganhar o último jogo. De qualquer forma, devemos voltar para a concentração e fazermos o nosso melhor", completou Buffon.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.