Para Forlán, europeus deveriam ter recebido mais tempo de descanso

Luis Suárez ainda se recupera de cirurgia no joelho esquerdo, mas já trabalha com o restante da seleção uruguaia

AE, Agência Estado

02 de junho de 2014 | 18h13

A preparação para a Copa do Mundo tem sido marcada por diversas lesões e o Uruguai é uma das seleções que mais sofre. Afinal, o principal jogador do time, Luis Suárez, precisou ser submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo, três semanas antes do início da competição, e ainda é dúvida para a estreia diante da Costa Rica.

Na opinião de Diego Forlán, a sequência de lesões seria amenizada com mais tempo de descanso para os jogadores que tiveram uma temporada desgastante. "O ideal é que os que atuam na Europa tivessem tido mais descanso, mas todos chegam nas mesmas condições", comentou ele.

A seleção do Uruguai foi uma das primeiras a se apresentar. O próprio Forlán foi um dos últimos a se juntar ao grupo e o fez há exatas duas semanas, uma semana antes dos jogadores do Brasil começarem o período de preparação para a Copa.

A lesão de Suárez foi sentida na última rodada do Campeonato Inglês, ocasião em que o Liverpool perdeu o título para o Manchester City, e só nesta segunda-feira é que o jogador iniciou os trabalhos com os demais jogadores do Uruguai. "Ele está muito bem e muito motivado. Não existe uma definição, mas temos esperança que se recupere e possa jogar (na estreia)", comentou Forlán.

O jogador, atualmente no Cerezo Osaka, deverá ser o substituto de Suárez na estreia da Copa caso o artilheiro não possa jogar. Seria uma função diferente da desempenhada por Forlán ao longo da carreira, mas o craque da última Copa garante que não se importa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.