Resumo da Copa: Klose alcança recorde e Messi classifica Argentina

Enquanto Alemanha recorre ao atacante para empatar com Gana, argentino marca no fim do jogo e garante a classificação

O Estado de S. Paulo

21 de junho de 2014 | 23h05

Klose e Messi. Dois artilheiros natos que, apesar das características diferentes, fizeram o que precisavam: gols. Enquanto Klose entrou e, no primeiro toque na bola, empatou a partida com Gana, quando parecia que a Alemanha não tinha mais forças, Messi tirou mais um coelho da cartola e garantiu a vitória da Argentina com chute colocado no fim do jogo. Se os artilheiros desequilibraram, a inexperiência da Bósnia fez com que a equipe sucumbisse diante da Nigéria e, além da derrota, fosse eliminada da Copa do Mundo. Vejam o resumo da Copa.

ARGENTINA 1 X 0 IRÃ

Aos 46 do segundo tempo, Messi dominou na entrada da área, chutou com categoria e marcou o gol da dolorosa vitória da Argentina sobre o Irã por 1 a 0. Resolveu um jogo dramático em que o time correu riscos e o Quarteto Fantástico não funcionou. Messi levou Argentina às oitavas e foi reverenciado como um deus. Com justiça.

Se dentro do estádio, torcedores argentinos fizeram festa, fora, os problemas foram maiores que o esperado. Uma confusão na chegada do ônibus da delegação da seleção argentina no Mineirão, às 11h30, deixou oito torcedores feridos: quatro brasileiros, três argentinos e um colombiano. A informação foi confirmada em nota pela Polícia Militar de Minas Gerais. Segundo a PM, houve aglomeração e tumulto de torcedores próximo ao ônibus que trazia os jogadores da Argentina. Isso aconteceu próximo ao Mineirinho.

ALEMANHA 2 X 2 GANA

A Copa do Mundo tem um novo recordista de gols. Neste sábado, Miroslav Klose precisou de dois minutos em campo para marcar pela 15.ª vez em Mundiais e se igualar a Ronaldo como recordista. O gol de Klose, aos 25 minutos do segundo tempo, deu números finais a um ótimo empate entre Alemanha e Gana por 2 a 2, na Arena Castelão, em Fortaleza, pelo Grupo G. Todos os quatro gols da partida saíram em um intervalo de 20 minutos, com os alemães saindo na frente, levando a virada e conseguindo depois o empate. As duas equipes tiveram chances de vencer.

Quem comemora o resultado é os Estados Unidos, que podem garantir a classificação em caso de vitória sobre Portugal, neste domingo, em Manaus, às 19 horas de Brasília (18 horas no horário local). Afinal, venceram Gana por 2 a 1 na estreia. Os alemães, vale lembrar, fizeram 4 a 0 sobre Portugal.

Apesar do empate em número de gols, Ronaldo precisou de 19 jogos e 1.448 minutos em campo para marcar os 15 tentos. Klose, por sua vez, igualou a marca depois de 1.508 minutos, no 20.º jogo pela  seleção alemã. Os gols históricos, curiosamente, foram marcados contra a seleção de Gana. O atacante brasileiro chegou ao recorde em solo alemão, na Copa  2006. Já Klose igualou o recorde no Brasil.

NIGÉRIA 1 X 0 BÓSNIA

Nigéria e Bósnia provaram neste sábado em Cuiabá que não se pode subestimar uma partida de Copa do Mundo. As seleções são pouco badaladas, mas protagonizaram um encontro movimentado, com o menor número de faltas do torneio (16) e o desfecho importante a favor dos africanos, que com a vitória por 1 a 0, encaminharam a vaga nas oitavas.

O fim do jogo foi de tirar o fôlego. Para salvar a derrota, que decretou a eliminação, os bósnios pressionaram nos minutos finais, acertavam a trave e foram atrapalhados pela atuação de Eneyama, escolhido o melhor goleiro do último Campeonato Francês, pelo Lille.

SELEÇÃO BRASILEIRA

A seleção brasileira deverá enfrentar Camarões, nesta segunda-feira, às 17 horas, no estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, pela rodada final do Grupo A da Copa do Mundo, com a mesma formação da partida de estreia na competição, a vitória por 3 a 1 sobre a Croácia, no dia 12. Foi isso que indicou o treinador Luiz Felipe Scolari no coletivo realizado na tarde deste sábado, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), onde a equipe se prepara para a competição. Hulk deve voltar ao time titular. 

Já na hora do descanso, Neymar é imbatível no pingue-pongue; Thiago Silva manda bem no videogame; Felipão não abre mão de suas caminhadas diárias e não há quem o aconselhe a se poupar, mesmo sob frio intenso. Esses são apenas alguns hábitos de três personagens importantes da seleção brasileira durante o dia a dia da Granja Comary.

OUTRAS SELEÇÕES

O futuro de Portugal na Copa do Mundo está nos valiosos pés de Cristiano Ronaldo. Mais do que em qualquer ocasião anterior, contra o perigoso time dos Estados Unidos, às 19h deste domingo, na Arena Amazônia, o superastro terá a obrigação de carregar nas costas uma equipe que foi aniquilada pela Alemanha em sua estreia no torneio e, pior do que isso, tem vários desfalques importantes.

Já pelo Grupo do Brasil, o técnico da Croácia, Niko Kovac, acredita em uma vitória dos seus comandados contra o México, nesta segunda-feira, na última rodada. O treinador sabe que encontrará dificuldades, mas quer repetir o futebol apresentado até agora para avançar às oitavas de final da Copa do Mundo.

Enquanto isso, o meia italiano Daniele De Rossi corre sério risco de ficar de fora da partida contra o Uruguai, nesta terça-feira, que vai definir qual das seleções avançará para as oitavas de final da Copa do Mundo. A informação foi divulgada pelo médico chefe dos italianos, Enrico Castellacci, que disse que o jogador apresentou uma lesão muscular na perna esquerda. "É muito improvável que ele esteja apto a jogar na terça-feira", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.