Técnico de Gana culpa jogadores por gols perdidos em derrota

James Appiah também acredita que a cobrança dos jogadores pelo pagamento de prêmio pela participação na Copa afetou o elenco

SERGIO TORRES - enviado especial a Brasília, O Estado de S. Paulo

26 de junho de 2014 | 15h45

O treinador de Gana, James Appiah, culpou os jogadores pela derrota para Portugal, nesta quinta-feira, em Brasília, e pela desclassificação da seleção da Copa do Mundo. Segundo ele, a equipe desperdiçou muito gols durante a competição e também contra os portugueses.

"Não há nada a fazer quando o time cria chances e não faz. Você não pode ser culpado por isso", disse o treinador, em entrevista após a derrota por 2 a 1, quando perguntado se continuará à frente da seleção de Gana. Appiah disse que planeja manter-se no cargo.

De acordo com o técnico, a cobrança feita pelos jogadores para o pagamento de prêmio pela participação da Copa e o desligamento dos meio-campistas Muntari e Boateng, ocorrido poucas horas antes do jogo com Portugal, podem ter afetado o elenco.

"Todos os técnicos gostam de ter os jogadores focados na partida. É lógico que eu não fiquei satisfeito. A situação não foi agradável", afirmou Appiah, para quem os jogadores estavam certos em cobrar o dinheiro, que, segundo ele, deveria ter sido pago antes da Copa.

O comportamento de Muntari e Boateng foi criticado pelo treinador, que admite, no entanto, voltar a chamá-los para a seleção caso seja necessário. "Foram questões disciplinares ocorridas dias atrás", disse Appiah, sem entrar em detalhes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.