Yayá Touré não treina e pode desfalcar Costa do Marfim contra a Grécia

Meia não está 100% bem fisicamente e ainda está abalado com a morte do irmão mais novo, Ibrahim Touré, na última quinta-feira

Agência Estado

21 de junho de 2014 | 20h19

Principal jogador africano da atualidade, Yaya Touré pode desfalcar a Costa do Marfim na partida que vai definir o futuro da sua equipe na Copa do Mundo, contra a Grécia, terça-feira, às 17h, em Fortaleza. O jogador do Manchester City mais uma vez não participou do treino da equipe, neste sábado, repetindo o que já havia feito na sexta-feira.

Nesta tarde, Yaya Touré até foi ao gramado do Oscar Inn, em Águas de Lindoia, no interior de São Paulo, mas só participou da tradicional oração. Depois, voltou para dentro do hotel. Além de não estar 100% fisicamente, o meia está abalado com a morte do irmão mais novo, Ibrahim Touré, de 28 anos, falecido na quinta-feira em Manchester, na Inglaterra.

Yaya e seu outro irmão, o zagueiro Kolo, tiveram a opção de viajar para a Europa para acompanhar as cerimônias fúnebres de Ibrahim, mas preferiram seguir no Brasil. Eles foram informados do falecimento momentos depois da derrota da Costa do Marfim para a Colômbia por 2 a 1, quinta-feira, em Brasília.

Outros dois jogadores não participaram do treino deste sábado, que só foi aberto à imprensa por 15 minutos. O atacante Gervinho só assistiu à atividade dos colegas antes de voltar ao hotel, mesma situação do zagueiro Didier Zokora, que recebeu o segundo cartão amarelo diante da Colômbia e vai desfalcar o time na terça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.