Copa do Mundo do Brasil alavanca mercado cultural

Em parceria com a Fifa, artista plástico Romero Britto assina linha de produtos

O Estado de S. Paulo

11 de março de 2014 | 13h42

SÃO PAULO - A Copa do Mundo é um evento que movimenta diversos segmentos de mercado, e produtos relacionados a cultura, assinados pelo artísta plástico brasileiro e Embaixador da Copa do Mundo do Brasil, Romero Britto, começam a ser vendidos em pontos de venda espalhados pelo Brasil. Além disso, itens como roupas, chaveiros, bolsas e canetas também serão comercializados pela loja virtual brasileira da Fifa a partir do dia 23 de março. A ação integra o programa global de merchandising da Fifa.

Nascido em Recife, o brasileiro se mostrou animado com a possibilidade de suas obras decorarem sua cidade natal, palco de jogos no Mundial. "É uma honra compartilhar o meu trabalho com tantas pessoas do mundo inteiro. É emocionante saber que nesta vida verei a minha cidade ser palco da Copa do Mundo. A linha de produtos representa a minha felicidade e gratidão por poder celebrar o maior evento esportivo do planeta."

Romero Britto já trabalha com a entidade máxima do futebol há algum tempo. No Mundial disputado na África do Sul, em 2010, o artísta participou da produção dos pôsteres oficiais do evento em um ateliê de pintura para jovens que participam do programa Football for Hope dando cores e detalhes especiais para a divulgação do evento. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.