Copa Libertadores tem semana sem clubes brasileiros

River Plate, Caracas, Libertad e Bolívar lutarão para manter a boa campanha na Copa Libertadores da América, em uma semana que não contará com jogos de equipes brasileiras. O River Plate e o Caracas disputarão a liderança do grupo 6, após vencerem na primeira rodada. Um bom resultado pode fazer com que a equipe argentina comece a abrir distância dos demais integrantes do grupo, sobretudo após a vitória fora de casa conseguida na primeira rodada, diante do chileno Colo Colo. Mas o Caracas não será um rival fácil para o River, que chega a esta partida após ser derrotado por 2 a 1 pelo Argentinos Juniors, no Campeonato Argentino. A equipe venezuelana quer enterrar as dúvidas surgidas após a apertada vitória sobre a LDU, na primeira rodada. Aliás, na quarta-feira, será a vez da LDU e do Colo Colo buscarem seus primeiros três pontos. Ambas as equipes jogam com a necessidade da vitória, para evitar se distanciar precocemente dos primeiros colocados do grupo. A equipe chilena quer repetir na Libertadores o sucesso obtido no campeonato nacional, no qual é líder absoluto. Já o paraguaio Libertad terá, na terça-feira, uma excelente oportunidade para garantir sua liderança no Grupo 1, contra o El Nacional, do Equador, equipe que ainda não venceu na competição, e que na última rodada foi goleado por 4 a 1 pelo Banfield. A equipe argentina jogará na quarta-feira, em casa, contra o América do México. O time vencedor continuará na briga pela classificação, ao tempo que o perdedor corre o risco de ficar muito distante dos líderes. Os mexicanos sofreram uma humilhante derrota dentro de casa para o Libertad, por 4 a 1, e jogam pressionados pela necessidade de uma vitória, para manter as chances de passar para a próxima fase da competição. Quem também tentará seus primeiros pontos nesta segunda fase serão o argentino Gimnasia y Esgrima e o colombiano Deportivo Pasto, dentro do Grupo 8, o mesmo do Santos. Ambas as equipes foram derrotadas na primeira rodada, e precisam vencer para não perder de vista os brasileiros, que lideram o grupo com duas vitórias, e o Defensor Sporting, em segundo lugar, com três pontos. No Grupo 3, o Deportes Tolima, também da Colômbia, tentará vencer o Cerro Porteño, e se aproximar do líder Grêmio. Já no Grupo 7, o Cienciano terá um difícil compromisso esta semana, contra o líder Bolívar. A equipe boliviana tem 4 pontos, ao lado do Boca Juniors, e quer uma vitória para passar a pressão para a equipe argentina.Partidas da semana:Terça-feira Grupo 1 El Nacional (EQU) x Libertad (PAR) Grupo 8 Gimnasia y Esgrima (ARG) x Deportivo Pasto (COL)Quarta-feira Grupo 1 América (MEX) x Banfield (ARG) Grupo 3 Deportes Tolima (COL) x Cerro Porteño (URU) Grupo 6 LDU (EQU) x Colo Colo (CHI)Quinta-feira Grupo 6 River Plate (ARG) x Caracas (VEN) Grupo 7 Cienciano (PER) x Bolívar (BOL)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.