Copa São Paulo de Futebol Júnior começa com 104 participantes

Uma das novidades é a presença do Kashiwa Reysol, do Japão, que estreia nesta sexta-feira contra o São Paulo

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

03 de janeiro de 2014 | 08h00

SÃO PAULO - A Copa São Paulo de Futebol Júnior, o maior torneio de base do Brasil, começa nesta sexta-feira com o número recorde de 104 equipes, divididas em 26 grupos. Pela terceira vez, o torneio terá um clube japonês: o Kashiwa Reysol estreia contra o São Paulo, em Barueri, às 21h. Sua participação está ligada ao patrocínio da Copinha, feito por uma multinacional de produtos eletrônicos.

O inchaço do torneio deve-se, entre outros fatores, à antiga necessidade dos clubes de revelar atletas para consumo próprio ou, o que é mais comum, vendê-los. O atual campeão Santos, por exemplo, acabou de emprestar o meia Pedro Castro ao Espanyol. O lateral-esquerdo Emerson deve se apresentar com o elenco profissional e o meia Léo Cittadini será emprestado para ganhar experiência.

"Revelar atletas é essencial no nosso planejamento", avalia José Paulo Fernandes, membro do Comitê de Gestão. Do time que faturou o título, continuam apenas o volante Lucas Otávio e o atacante Neilton, que negocia com o Botafogo. O time, que fará a primeira fase em casa, será dirigido por Pepinho Macia, filho do ídolo Pepe.

Maior vencedor do torneio, com oito títulos, o Corinthians entra confiante no entrosamento, apesar de ter sido eliminado na segunda fase em 2013. A equipe de Osmar Loss disputou o Paulista e o Brasileiro Sub-20 e vem treinando para a Copinha desde novembro. O time também contará com o apoio da torcida em Limeira, onde vai disputar a primeira fase. Dos 30 inscritos ontem – cinco serão cortados até a estreia, no domingo –, o atacante Léo e o volante Ualefi já treinaram com o time principal.

O Palmeiras chega embalado pelo vice-campeonato do Brasileiro Sub-20 e também aposta no entrosamento para conseguir o título pela primeira vez. Uma das apostas é o lateral-direito Léo Cunha, que vem sendo observado por Gilson Kleina e pode ser promovido depois da competição. "A expectativa é boa, mas não podemos tropeçar porque são só três jogos na primeira fase", disse o jogador. O time jogará em São Carlos.

O São Paulo bota fé no talento do meia Gabriel Boschilia, vice-artilheiro do Mundial Sub-17, com seis gols, e também nos laterais Auro e Foguete, no volante Gustavo Hebling e no atacante Adelino. "São jovens ambiciosos, que podem trazer surpresas positivas na competição", explicou o técnico Menta.

No Rio, Vasco e Fluminense largam na frente. Campeão da Taça BH, o time vascaíno conta com o lateral-esquerdo Lorran, promovido dos juvenis ao principal, e aposta no bom desempenho do atacante Renato Kayser, cobiçado por outros clubes. No Flu, quatro atletas já foram chamados para atuar com os profissionais: o atacante Denilson, o zagueiro Marlon, o meia Lucas e o lateral-esquerdo Leo.

O Flamengo contará com o atacante Caio Rangel, recém-promovido do time sub-17. O jogador estava no elenco da seleção que disputou o Mundial Sub-17 no ano passado. O técnico da equipe, Cléber dos Santos, comemora o fato de poder contar com todos os jogadores que tem em seu elenco. O time venceu os dois amistosos preparatórios para a competição, contra o Audax e o Volta Redonda, ambos por 2 a 1. 

Já o Botafogo quer aproveitar a Copinha para apagar a má impressão deixada no último Campeonato Brasileiro Sub-20, no mês passado, quando o time do técnico Maurício Ferreira foi eliminado ainda na primeira fase.

Confira os grupos:

Grupo A - Votuporanga

Ferroviária-SP

Figueirense

Paysandu

Votuporanguense-SP

Grupo B - Tanabi

Rio Preto-SP

Sport Recife

Tanabi-SP

Universal FC-AL

Grupo C - São José do Rio Preto

América-SP

Confiança-SE

Fluminense

Sabiá-MA

Grupo D - Monte Azul Paulista

Botafogo-SP

Ceará

Guaicurus-MS

Monte Azul-SP

Grupo E - Marília

Brasília-DF

Internacional

Marília-SP

Rio Claro-SP

Grupo F - Lins

Goiás

Linense-SP

Santa Cruz

São Mateus-ES

Grupo G - Novo Horizonte

América-RN

Coritiba

Novorizontino-SP

Villa Nova-MG

Grupo H - São Carlos

Fluminense-BA

Palmeiras

Piauí-PI

São Carlos-SP

Grupo I - Bauru

Aquidauanense-MS

Flamengo

Noroeste-SP

Santo André-SP

Grupo J - Penápolis

Atlético-PR

Mirassol-SP

Penapolense-SP

Rondonópolis-MT

Grupo K - Limeira

Corinthians

Inter de Limeira-SP

Tuna Luso-PA

XV de Piracicaba-SP

Grupo L - Sumaré

Ituano-SP

Juventude-RS

Porto-PE

Sumaré-SP

Grupo M - Tatuí

Desportivo Brasil-SP

Guarani

Paraná Clube

São Raimundo-RR

Grupo N - Indaiatuba

CRB-AL

Fortaleza

Ponte Preta

Primavera-SP

Grupo O - Louveira

Avaí

Goiânia-GO

Mogi Mirim-SP

RB Brasil-SP

Grupo P - Atibaia

América-MG

Atibaia-SP

CSP-PB

Vila Nova-GO

Grupo Q - Taboão da Serra

Grêmio

Luverdense

São Caetano

Taboão da Serra-SP

Grupo R - São Bernardo do Campo

Náutico

Paulista-SP

Picos-PI

São Bernardo-SP

Grupo S - Taubaté

Cruzeiro

Itabiana-SE

São José-AP

Taubaté-SP

Grupo T - Suzano

Audax-SP

Lideral-MA

União Suzano-SP

Vasco

Grupo U - Ilha Bela

Arapiraquense-AL

Bahia

Comercial-SP

Portuguesa

Grupo V - Santos

Alecrim-RN

Capital-DF

Criciúma

Santos

Grupo W - Barueri

Auto Esporte-PB

Barueri-SP

Kashiwa Reysol-JAP

São Paulo

Grupo X - Osasco

Botafogo

Ji Paraná-RO

Osasco-SP

Rio Branco-AC

Grupo Y - Guarulhos

Flamengo-SP

Imagine FC LTDA-TO

Juventus-SP

Vitória

Grupo Z - São Paulo

Aracruz-ES

Atlético-MG

Holanda-AM

Nacional-SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.