Rafael Marchante/Reuters
Rafael Marchante/Reuters

'Copa será o meu maior momento', diz Roy Hodgson, o técnico da Inglaterra

Treinador comanda a seleção há dois anos e garante estar confortável para o Mundial

AE, Agência Estado

29 de maio de 2014 | 17h58

LONDRES - O técnico inglês Roy Hodgson comentou com empolgação a oportunidade de treinar a seleção de seu país em uma Copa do Mundo pela primeira vez. Ele assumiu a Inglaterra às vésperas da Eurocopa de 2012 e conduziu a equipe até as quartas de final, fase em que foi eliminada pela Itália, na disputa de pênaltis.

"Ter participado da Eurocopa foi o maior momento da minha carreira, mas a Copa do Mundo é maior do que a Euro. Eu sinto que chegar a essa competição depois de passar dois anos junto do time faz com que eu me sinta mais confortável. Estamos determinados a não deixar a oportunidade escapar e conseguir um bom resultado no torneio", disse Hodgson, no centro de treinamento St. George's Park.

O técnico se diz empolgado com o que ele tem acompanhado do elenco inglês nas atividades preparatórias para o Mundial. "Se eu pudesse guardar o que eu estou vendo neste momento e pudesse soltar em 14 de junho contra a Itália, eu seria um homem feliz", garante o inglês de 66 anos.

A Inglaterra estreia no Grupo D do Mundial em 14 de junho, contra a Itália, na Arena Amazônia, em Manaus. Em seguida, os ingleses enfrentam o Uruguai no Itaquerão, em São Paulo, no dia 19, e fecham participação na primeira fase do torneio contra a Costa Rica, no Mineirão, em Belo Horizonte, no dia 24.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.