Copa: venda de ingressos começa hoje

Os ingressos para a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, começam a ser vendidos a partir desta terça-feira. Segundo a Fifa, 812 mil entradas estão sendo oferecidas nessa primeira etapa do processo, que termina no dia 31 de março. Essa é a primeira vez que torcedores de todo o mundo terão acesso a todos os ingressos já na primeira fase de vendas. Nas edições anteriores do torneio, o primeiro lote era sempre destinado para o público do país que sediaria o Mundial.Os torcedores que estiverem interessados em comprar os ingressos devem entrar no website www.FIFAworldcup.com e se registrarem, candidatando-se para comprar as entradas para todas as 64 partidas da Copa, espalhadas em 12 cidades alemãs. Os pedidos serão aceitos por dois meses e, no dia 15 abril, um sorteio será feito para determinar quem terá o direito de comprar as entradas.De acordo com a Fifa, os torcedores não precisarão correr para garantir seus ingressos já nas primeiras horas desta terça, já que o sorteio não levará em conta quem teria feito primeiro os pedidos pela Internet. Os organizadores da Copa do Mundo sugerem, portanto, que os interessados estudem o calendário do Mundial com cuidado e que tomem a decisão sobre o que irão encomendar durante os próximos dois meses.O ingresso mais barato custará 35 euros (cerca de R$ 120,00). Cada família poderá comprar apenas duas dessas entradas para no máximo de três partidas. Já as demais categorias de ingressos, com preços superiores, poderão ser adquiridas em maiores quantidades e para um maior número de jogos. Os ingressos mais caros serão os da final, que será disputada no dia 9 de julho de 2006. Quem quiser ver a partida precisará gastar entre R$ 410,00 e R$ 2 mil.Outra opção dada pelos organizadores são os ingressos que permitem que um torcedor acompanhe seu time durante a competição. Como as Eliminatórias para a Copa ainda não terminaram, os alemães prometem devolver o dinheiro dos ingressos caso a seleção escolhida pelo torcedor não se qualifique. No caso dos ingressos simples, os pedidos não poderão ser cancelados caso o torcedor desista de ir à Alemanha.No total, os organizadores do Mundial colocarão 2,93 milhões de ingressos à venda até 2006 e precisam arrecadar 200 milhões de euros para fechar as contas. Isso significaria a venda de 90% das entradas.

Agencia Estado,

01 de fevereiro de 2005 | 09h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.