Copenhague bate Panathinaikos e lidera grupo do Barça

O tropeço pela segunda rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões custou caro para o Barcelona nesta quarta-feira. Depois de o time catalão apenas empatar por 1 a 1 com o Rubin Kazan, na Rússia, o Copenhague entrou em campo e conquistou mais uma vitória para assumir a liderança da chave. Na Grécia, a equipe venceu o Panathinaikos por 2 a 0.

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 18h07

O resultado levou o time dinamarquês a seis pontos, na ponta do Grupo D. O Barça, com quatro, aparece na vice-liderança. O Rubin Kazan tem um ponto, em terceiro. Já o Panathinaikos, do brasileiro Gilberto Silva, vai mal e ainda não pontuou, após ser goleado por 5 a 1 pela equipe catalã na estreia.

Volante titular da seleção brasileira nas últimas três Copas do Mundo, Gilberto Silva também não contribuiu para tentar livrar o time grego da derrota em casa. Ao contrário, ele foi expulso ainda aos quatro minutos do segundo tempo, deixando o Panathinaikos com um jogador a menos, quando a equipe já perdia por 2 a 0.

Animado pela vitória na estreia, diante do Rubin, o Copenhague abriu o marcador em Atenas aos 28 minutos de jogo. Gronkjaer lançou N''Doye e o goleiro da seleção grega na Copa facilitou as coisas para o atacante. Tzorvas tentou sair ainda na intermediária e o senegalês tocou por cima. No segundo gol dinamarquês, o arqueiro também não foi bem. Aos 37, Vingaard bateu falta de longe e Tzorvas aceitou.

Agora, as equipes só voltam a jogar pelo Grupo D no dia 20 de outubro. O Copenhague colocará a sua boa campanha à prova indo até a Espanha enfrentar o Barcelona. Já o Panathinaikos tenta a sua primeira vitória contra o Rubin Kazan, novamente em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.