Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Copete nega clima de vingança em novo confronto diante do Flamengo

Clima entre os times ficou acirrado após a polêmica partida pela Copa do Brasil

Estadao Conteudo

01 de agosto de 2017 | 17h02

O atacante Jonathan Copete, do Santos, negou em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Rei Pelé, em Santos, a existência de um clima de vingança ao projetar a partida contra o Flamengo - que será realizada nesta quarta, às 21h45, no Pacaembu, válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro - devido às polêmicas do último jogo entre os times e que culminou na classificação da equipe rubro-negra para as semifinais da Copa do Brasil.

Ao voltar atrás na marcação de um pênalti para o Santos contra o Flamengo, na quarta passada, o árbitro Leandro Vuaden irritou os santistas, que o acusaram de ter se baseado na informação de um repórter da TV Globo para mudar a sua decisão sobre o lance. Mas, para o colombiano, o episódio deve ser deixado de lado e o time precisa pensar exclusivamente no Campeonato Brasileiro.

"Vingança não. É um jogo totalmente diferente. O que aconteceu, aconteceu. Sabemos que o Brasileiro tem outra pegada. Precisamos dos três pontos para seguir à frente na tabela. Acho que vamos fazer o melhor, como grupo, como time, para poder alcançar a vitória", ressaltou.

Copete elogiou a qualidade do elenco flamenguista e disse que a chave para vencer o confronto com os cariocas é ter calma e muita concentração. "Sabemos que a paciência é muito importante no futebol. Vamos enfrentar um time que tem muita qualidade. Temos que saber que estamos representando o nosso time. Acho que para nós vai ser muito importante que estejamos concentrados. Temos que ter um jogo perfeito", reforçou o atacante.

O Santos ocupa a terceira posição do Brasileirão, com 31 pontos, enquanto o Flamengo está em quinto lugar, com 29 pontos. Para o confronto diante de um adversário direto na luta pelo título nacional, o técnico Levir Culpi deverá escalar a seguinte formação: Vanderlei; Victor Ferraz (Daniel Guedes), Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Alison, Yuri e Lucas Lima; Copete, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.