Coração obriga Diogo, do Cruzeiro, a encerrar carreira

O meia Diogo, que sofreu um enfarte do miocárdio em setembro do ano passado durante treino do Cruzeiro, será obrigado a encerrar a carreira. O atleta de 21 anos, atual campeão mineiro, passou por uma cirurgia ainda em 2006 e fez uma série de exames - o último na terça-feira. Diogo tem um problema de coagulação do sangue, que o impede de jogar futebol. Ele poderá praticar exercícios físicos normalmente pelo resto de sua vida, mas não pode ter atividades como profissional - o que exige um ritmo intenso. Defendendo o Cruzeiro, disputou 56 partidas e não marcou gols.Diogo voltou para Mucuri, no Sul da Bahia, onde está toda sua família, e vai fazer o curso de educação física. Passou em duas faculdades, mas ainda não decidiu em qual vai estudar. ?Tenho de agradecer a Deus e seguir o que meus amigos e médicos dizem: é hora de começar nova vida, quem sabe sendo vitorioso também em outras atividades, como o Tostão, que teve um problema de saúde (descolamento de retina), fez o curso de medicina e hoje é um dos mais respeitados cronistas do país?, disse, ao site Superesportes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.