Córdoba recusa convocação para defender a Colômbia

O zagueiro Iván Córdoba, titular da Inter de Milão, recusou o convite para integrar a seleção colombiana em amistoso contra a Catalunha, no dia 28 de dezembro. O jogador havia sido chamado pelo técnico Eduardo Lara, mas comunicou que sairá de férias e viajará para Medellín, onde mora sua família. Córdoba decidiu a seleção colombiana logo após a Copa América, quando teve problemas com o técnico Jorge Luis Pinto. O treinador foi substituído por Lara depois que a Colômbia foi goleada pelo Chile pelas Eliminatórias da Copa. "Falei com Eduardo Lara. Ele me chamou pensando que eu ia passar as férias na Europa, mas não, lhe contei que descansarei um dias em Medellín com a idéia de recarregar as baterias para 2009", explicou. Córdoba espera que Lara o chame para os jogos contra Bolívia e Venezuela, em março, pelas Eliminatórias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.