Coréia não terá o atacante Lee Dong-gook na Copa

O atacante Lee Dong-gook terá de ser submetido a uma cirurgia no joelho, por causa de uma ruptura nos ligamentos, e não vai disputar a Copa do Mundo. O jogador, que defende o Pohang Steelers, treinado pelo brasileiro Sérgio Farias, foi examinado nesta quinta-feira em Frankfurt, na Alemanha, e aceitou se submeter à cirurgia.O Mundial da Alemanha seria o segundo do jogador, que tem 27 anos e defendeu a Coréia em 1998, na França, mas foi preterido pelo técnico Guus Hiddink no Mundial co-organizado pelo país, em 2002, quando os coreanos conseguiram um inédito quarto lugar.Lee se contundiu num jogo de sua equipe pelo Campeonato Coreano. A recuperação deve levar no mínimo quatro meses, o que o tira dos planos do técnico Dick Advocaat. Nas Eliminatórias, ele foi o artilheiro da Coréia do Sul, com cinco gols.

Agencia Estado,

14 de abril de 2006 | 12h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.