Corinthians: 48 mil foram ao Morumbi

O Corinthians encheu neste sábado o Estádio do Morumbi, o que não fazia desde o primeiro semestre de 2003, quando foi eliminado da Copa Libertadores pelo River Plate. No total, 48.003 torcedores pagaram ingresso para assistir à estréia de Tevez pelo Timão. Muitas pessoas, porém, só entraram no estádio já com o jogo em andamento. Tudo por culpa de um péssimo hábito: deixar para comprar o ingresso somente no dia da partida.Apesar de os bilhetes terem sido colocados à venda na terça-feira e em nove postos espalhados por São Paulo - inclusive em shoppings centers -, apenas 20 mil foram vendidos antecipadamente, e muitos desses caíram nas mãos de cambistas. Segundo estimativa da Polícia Militar, pelo menos 30 mil pessoas circulavam sem ingresso em volta do Morumbi, único posto de venda neste sábado.As filas nos guichês do estádio eram enormes. Vários foram os princípios de tumulto, todos rapidamente contornados pelos policiais. Apesar da bagunça, não houve registro de ocorrências graves.Antes do jogo, houve uma preliminar entre dois times formados por internos da Febem. A partida foi acompanhada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.Em seguida, os jogadores do Corinthians que participaram da Copa São Paulo de juniores deram a volta olímpica no gramado com a taça de campeão do torneio. Até mesmo Dinélson, Bruno Octávio e Bobô, que ficaram no banco de reservas no jogo contra o América, participaram da festa. Dinélson, aliás, teve seu nome muito gritado pelos torcedores durante o segundo tempo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.