Corinthians: à procura de um vice

O Corinthians está sem comando no futebol desde o pedido de demissão do vice Antônio Roque Citadini, segunda-feira. Com a folga dos jogadores até o dia 10, quando retornam para iniciar a intertemporada em Extrema, sul de Minas, e a viagem de Carlos Alberto Parreira para trabalhar como observador da Fifa na Copa, o presidente Alberto Dualib não demonstra pressa para escolher o sucessor de Citadini. Nesta sexta-feira, nenhum dirigente foi localizado para falar sobre a nomeação do novo vice e do possível rompimento do contrato com a Hicks Muse, que só tem interesse no futebol do clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.