Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE

Corinthians abre Parque São Jorge para adolescentes da Fundação Casa

Em parceria com o CNJ, clube receberá menores da Fundação Casa às segundas e terças-feiras

AE, Agencia Estado

22 de março de 2010 | 22h41

A diretoria corintiana, em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com o Tribunal de Justiça de São Paulo e com a Fundação Casa, antiga Febem, anunciou nesta segunda-feira um acordo para receber às segundas e terças-feiras no clube adolescentes da Fundação como parte do projeto "Começar de Novo", do CNJ, que visa a ressocialização de presos.

 

Veja também:

linkPresidente do Corinthians nega crise após nova derrota

O evento, no auditório do Parque São Jorge, contou com a presença do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do CNJ, Gilmar Mendes. "Às segundas e terças o clube fica vazio, então será importante ter os garotos nas quadras, almoçando no clube. É uma maneira de reintegrá-los à sociedade", disse o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez.

A sugestão de ligar clubes de futebol ao "Começar de Novo", segundo Mendes, foi do secretário geral da Fifa, Jerome Valcke, em visita ao STF, no ano passado. "Entrei em contato com o Fábio Koff, presidente do Clube dos 13, e o projeto se inicia hoje (segunda) aqui no Corinthians", explicou Mendes.

Além deste projeto, Andrés Sanchez contou que o Corinthians vai levar torcedores de comunidades carentes próximas ao clube a jogos do Campeonato Brasileiro. "Vamos lotar de dois a três ônibus e dar a chance de essas pessoas verem uma partida", prometeu o mandatário corintiano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansFundação Casa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.