Jon Super / Reuters
Jon Super / Reuters

Corinthians acerta com Willian, e jogador viaja nesta terça para assinar contrato, diz jornalista

Após rescindir com o Arsenal, da Inglaterra, meio-campo de 33 anos fica no Brasil até junho de 2023

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de agosto de 2021 | 13h21

O Corinthians está muito próximo de anunciar oficialmente o meio-campista Willian, ex-seleção brasileira e que estava no Arsenal, da Inglaterra. De acordo com o jornalista italiano Fabrizio Romano, especialista em notícias de transferências, o jogador de 33 anos viaja para o Brasil nesta terça para assinar contrato com a equipe paulista. O vínculo será válido até junho de 2023.

Criado na base corinthiana, Willian teve ótima trajetória na Europa desde que se mudou em 2007 para jogar no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Em 2013, fez parte de uma transferência envolvendo os russos do Anzhi Makhachkala, que o levou até Stamford Bridge, onde jogaria pelo Chelsea por sete anos, se tornando ídolo.

No ano passado, mudou de clube em Londres e foi jogar no Arsenal. Depois de perder espaço com o técnico espanhol Mikel Arteta, o brasileiro tentou permanecer no outro lado do Atlântico, mas apenas recebeu uma oferta vinda da Árabia. Então, rescindiu com os ingleses nesta segunda e abriu mão dos salários que restavam em seu contrato. Oportunista, o Corinthians viu a chance de repatriar um atleta acima da média e com raízes no clube

Quando chegar, Willian se juntará a Roger Guedes, Renato Augusto e Giuliano em um elenco que pode sonhar alto. Apesar da dívida de mais de R$ 1 bilhão, o presidente Duílio Monteiro Alves preferiu ir atrás de jogadores conhecidos, que possam mudar a situação do time em campo.

Após 18 rodadas de Campeonato Brasileiro, o Corinthians está na 6ª posição da competição, com 27 pontos. Anunciado no começo de maio como novo treinador da equipe, Sylvinho teve um início difícil, com duas derrotas seguidas para o Atlético-GO. Desde então, conquistou sete vitórias, sete empates e quatro derrotas, atingindo uma sequência de três triunfos no último domingo, contra o Grêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.