Daniel Augusto Jr./ Corinthians
Daniel Augusto Jr./ Corinthians

Corinthians acerta empréstimo do volante Maycon para Ponte Preta até o fim do ano

Maycon vinha sendo pouco aproveitado no time de Cristóvão Borges

Estadão Conteúdo

14 de julho de 2016 | 19h57

Pressionado por várias lesões, algumas com necessidade de cirurgia, a diretoria da Ponte Preta teve que se apressar para definir alguns reforços pontuais para a sequência do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, o clube confirmou o acerto com dois volantes: o experiente Wendel, do Goiás, e Maycon, uma promessa do Corinthians. Além disso, espera pela transferência internacional de outro jogador da posição: Abuda, ex-Cruzeiro.

Na semana passada, o elenco perdeu Renê Júnior, que passou por uma artroscopia no joelho direito. Ele fica, pelo menos, 40 dias ausente. Antes do início da competição, o time já ficou sem Elton, com grave lesão nos ligamentos cruzados do joelho direito. E pode ficar por alguns jogos sem Thiago Galhardo, volta e meia vítima de lesões musculares. Restaram apenas João Vitor e Matheus Jesus para a posição. Por isso, o clube se adiantou nas contratações.

Maycon, o novo reforço campineiro, completa 19 anos nesta sexta-feira e vinha sendo pouco aproveitado no Corinthians pelo técnico Cristóvão Borges, que conta com Bruno Henrique, Elias, Camacho, Cristian e Willians para o setor. Maycon deve se apresentar nos próximos dias em Campinas para realizar exames médicos e, se estiver tudo certo, assinar contrato até o fim do ano. Como vinha treinando normalmente, o volante fica à disposição do treinador Eduardo Baptista, que concordou com a sua contratação.

Após se destacar na campanha do vice-título na Copa São Paulo de Futebol Júnior, Maycon foi promovido pelo então técnico Tite ao profissional e nesta temporada fez 16 jogos com a camisa do Corinthians, marcando um gol. Como atuou apenas duas vezes no Brasileirão, o volante não estourou o limite de sete, podendo defender normalmente a Ponte Preta.

Quem também chega em forma é Wendel, que vinha atuando pelo Goiás na Série B do Brasileiro. Com 34 anos, Wendel foi o capitão do Goiás na campanha do título do Campeonato Goiano, mas perdeu espaço no time após a chegada do técnico Léo Condé. Revelado pelo Cruzeiro, foi campeão brasileiro pelo time mineiro em 2003. Deixou o clube um ano depois para se aventurar no futebol português, onde defendeu o Nacional, da Ilha da Madeira.

O volante ainda passou por Santos, Vasco, Bourdeaux (França), Sport e pelo futebol árabe. No clube pernambucano foi comandando por Eduardo Baptista, um dos principais responsáveis por sua chegada ao time campineiro.

A diretoria espera oficializar na próxima semana o acerto com o volante Abuda, de 28 anos, com passagens por Chapecoense e Cruzeiro. Ele está treinando com o elenco desde a semana passada e aguarda a liberação do Gaziantepspor, da Turquia. Apesar de outros clubes, como o Bahia, terem demonstrado interesse em sua contratação, ele vai fechar com a Ponte Preta assim que estiver livre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.