Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians acerta empréstimos dos volantes Paulo Roberto e Mantuan

Jogadores foram cedidos ao Fortaleza e à Ponte Preta por uma temporada

O Estado de S.Paulo

18 Dezembro 2018 | 19h58

O Corinthians acertou nesta terça-feira os empréstimos de dois volantes. Paulo Roberto, a pedido do técnico Rogério Ceni, foi negociado com o Fortaleza até o fim da próxima temporada. Mantuan ficará na Ponte Preta em 2019.

Paulo Roberto, de 31 anos, teve problemas com lesões durante a última temporada e pouco atuou pelo Corinthians. O jogador também perdeu espaço após a contratação de Ralf e ficou como terceira opção para o setor de marcação no meio-campo, já que a equipe conta também com Gabriel. 

O melhor momento do volante pelo Corinthians foi em 2017, ano em que foi contratado junto ao Sport a pedido de Fábio Carille. No total, disputou 27 partidas e marcou um gol. O término do empréstimo de Paulo Roberto coincide com o fim do seu vínculo com o Corinthians.  

Revelado pelas categorias de base do Corinthians, Mantuan, de 21 anos, foi emprestado para ganhar mais experiência. Tanto é que o clube colocou uma cláusula em seu contrato que pode voltar a qualquer momento a pedido do técnico corintiano.

Com Carille, Mantuan ganhou algumas oportunidades no time titular como lateral-direito por causa das lesões de Fagner. No entanto, sentiu a pressão de atuar no Corinthians e foi perdendo espaço durante o ano. Com Jair Ventura, ele atuou apenas na estreia do treinador, na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras.

Enquanto vai negociando os atletas que não pretende utilizar em 2019, a diretoria do Corinthians segue em busca de reforços. O meia Sornoza é o que está mais próximo de acerto. Ele deve vir a São Paulo ainda nesta semana para realizar exames médicos e assinar contrato. O clube também tenta fechar com o atacante Luan, do Atlético-MG.

Até agora cinco reforços foram confirmados para a próxima temporada: o lateral-direito Michel Macedo, os volantes Richard e Ramiro e os atacantes André Luis e Gustavo Mosquito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.