Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Corinthians: Adrianinho e Gil são vetados

O meia Adrianinho e o atacante Gil foram vetados hoje pelo departamento médico do Corinthians e não jogam o clássico de amanhã contra a Portuguesa, no Morumbi. Com isso, Juninho Fonseca confirmou que abandonou definitivamente o esquema 4-3-3 tão criticado na vitória sobre o Botafogo-PB, pela Copa do Brasil, e vai usar o 4-4-2, com Regis Pitbull e Marcelo Ramos no ataque. Moreno foi confirmado no lugar de Julinho na lateral-esquerda e a única dúvida é entre Samir e Dinélson no meio. Segundo o médico Paulo de Faria, Adrianinho sofreu uma contratura na coxa esquerda e só deve voltar a treinar na segunda-feira. Gil continua com uma inflamação no púbis e não há previsão de quando ele poderá jogar. Com a mudança no time, Juninho pretende dar fluência ao meio-campo e ataque. Inicialmente, seu plano era fazer do Corinthians um time parecido com o que Parreira montou em 2002, com três atacantes. Mas a ligação do meio com o ataque não estava funcionando. Agora, Rodrigo vai aparecer mais na armação. Com Adrianinho fora, Juninho pode escalar o habilidoso Dinélson ou Samir, jogando mais recuado. Mas os dois já entenderam sua missão. ?Quem entrar vai fazer de tudo para deixar os atacantes na cara do gol. Tenho dificuldades na marcação, mas tenho conversado com o Rincón, o Fabinho e o Juninho e espero colocar isso em prática. Mas, como qualidade, sei atacar e chegar junto com os atacantes?, diz. Na lateral-esquerda, depois de insistir com o recém-chegado Julinho, a comissão técnica não ficou satisfeita com seu rendimento e decidiu apelar para as categorias de base. O jovem Moreno será o titular contra a Lusa. ?Minha missão vai ser dar mais movimentação no ataque?, afirmou. ?Agora é a hora de entrar e não sair mais.? Fábio Costa defende o treinador - No meio da polêmica sobre a mudança do esquema tático, o goleiro Fábio Costa defendeu o técnico Juninho. Disse que ele está certo em se preocupar com a defesa e lembrou que o Corinthians sofreu apenas um gol nos últimos três jogos. ?O Juninho quer preservar a equipe, armar a defesa e ver como vai ser a resposta do ataque. É melhor não tomar e esperar que o ataque faça, já que existem bons jogadores lá na frente que podem definir a partida. Acho que o esquema de defesa está bem seguro.? O goleiro voltou a pedir paciência para a torcida e lembrou que o time do Corinthians foi totalmente reformulado em relação ao ano passado, com a chegada de uma dúzia de reforços. ?Ainda é início de temporada. Precisamos de mais tempo. As dificuldades contra a Portuguesa serão as mesmas, não vai mudar só pela alteração de esquema tático?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.