Corinthians: afastados não reclamam

Dos cinco jogadores colocados na ?geladeira? pelo técnico Oswaldo de Oliveira, nenhum reclamou publicamente. Régis Pitbull, como de hábito, nem quis conversar com os jornalistas. Avisou, por intermédio da assessoria de imprensa, que só voltará a dar entrevistas quando estiver pronto para voltar ao time. Os meias Samir e Dinelson aceitaram sem rebeldia o tal ?período de reciclagem?. "É muito difícil atuar num time grande como o Corinthians. Sei que tenho potencial e posso buscar o meu espaço na equipe", sintetizou Dinelson, de 18 anos. Samir também reconheceu: precisa melhorar em alguns aspectos. "Tenho de trabalhar um pouco mais a minha movimentação", disse na entrevista coletiva. Mais tarde, porém, o jogador disse que perdeu quase cinco quilos de massa muscular desde o ano passado, quando se machucou, jogando pelo Vitória. "Também por causa disso será interessante dar uma parada para reforçar a musculatura. Depois eu volto com tudo para buscar o meu espaço." O técnico Oswaldo de Oliveira já começou a testar uma nova formação para a equipe. O treinador está disposto a investir mais nos garotos. No treinamento de hoje, no Parque Ecológico do Tietê, ele testou um ataque com Jô, Bobô e Gil. A decisão do técnico não é definitiva. Oswaldo disse que vai aproveitar o meio de semana sem jogo para fazer outras experiências. Ele quer ver, por exemplo, como se sai Rincón jogando como meia armador, posição em que começou a carreira. Para o jogo de domingo, contra o América, em São José do Rio Preto, Oswaldo de Oliveira já confirmou a volta de Rogério à lateral-direita e a entrada de Fabinho no meio-de-campo. Quanto ao goleiro Fábio Costa, que não participou do treinamento de hoje, o médico Paulo Faria esclareceu que o jogador permaneceu no Parque São Jorge, fazendo tratamento médico. O goleiro sofreu uma pancada no pé esquerdo no jogo de domingo contra a Ponte, em Campinas, e continua se queixando de dores. De acordo com o médico corintiano, Fábio Costa deve voltar a treinar normalmente amanhã.

Agencia Estado,

03 de março de 2004 | 20h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.