Corinthians-AL vence Atlético-PR e continua na Copa do Brasil

Em plena Arena da Baixada, alagoanos surpreendem e batem paranaenses por 4 a 3 na disputa por pênaltis

Evandro Fadel, O Estado de S. Paulo

06 de março de 2008 | 22h55

O Corinthians Alagoano surpreendeu o Atlético Paranaense, na noite desta quinta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, e venceu por 4 a 3, nos pênaltis, garantindo a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil. William e Danilo erraram as cobranças pelo Atlético, e Vitor Boleta errou pelo Corinthians. No tempo regulamentar, houve empate em 1 a 1, mesmo resultado registrado em Maceió, na primeira partida. Na continuidade da competição, o Corinthians enfrenta o Paranavaí, do noroeste do Paraná, que passou pelo Águia Negra (MS).Atlético Paranaense1 (3)Vinícius; Rhodolfo    , Danilo     e Antônio Carlos     (Pedro Oldoni); Ney, Alan Bahia, Valência, Irênio (Piauí) e Netinho; William e Marcelo RamosTécnico: Ney FrancoCorinthians-AL1 (4)Veloso; Maisena, Selmo Lima, Everton e Vitor Boleta; Anderson La Bamba    , Jota     (Luciano Rosa     ), Daniel e Irineu (Fabrício    ); Reinaldo e Fábio Neves (Du)Técnico: Gilmar BatistaGols: Antônio Carlos, aos 19 minutos do primeiro, e Reinaldo, aos 25 minutos do segundo tempoÁrbitro: Guilherme Cereta de LinsRenda: R$ 163.920,00Público: 8.636 pagantesEstádio: Arena da Baixada Veja também: Calendário / Resultados Mesmo atuando longe de Alagoas, os jogadores do Corinthians mantiveram a mesma postura da primeira partida, com marcação em todos os setores do campo, não deixando espaço para o adversário armar jogadas. O Atlético tinha feito muito pouco até os 19 minutos, quando Antônio Carlos cobrou com força uma falta e venceu o goleiro Veloso. O Corinthians não esmoreceu e criou pelo menos uma boa oportunidade de gol, que parou na trave, aos 33 minutos. O Atlético continuou não se acertando no segundo tempo, e sofreu muita pressão do adversário desde o começo. Eram apenas dez minutos, e a torcida já gritava "raça" das arquibancadas. Não adiantou. Aos 25 minutos, Reinaldo aproveitou-se do desacerto da defesa rival e empatou. Perdido e dominado em campo, o Atlético não conseguiu chegar à vitória nem mesmo após ficar com um jogador a mais a partir dos 32 minutos, quando Luciano Rosa foi expulso.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.