Corinthians: Anderson chorou no adeus

De saída para o Benfica, Anderson não conteve as lágrimas em sua despedida, sábado, na vitória por 4 a 2 sobre o Brasiliense. "Na hora da oração, antes do jogo, acabei chorando. Pedi a palavra e não consegui terminar", disse o zagueiro. "O Anderson não é só um grande atleta, mas um grande homem. Vamos sentir saudades", disse o técnico Márcio Bittencourt. Sem Anderson, o treinador vai ter que eleger um novo capitão. Fábio Costa, Betão e Roger são os cotados. Em Portugal, o empresário de Liedson, Gilmar Veloz, tentará nesta segunda-feira a liberação do jogador do Sporting. Se isso ocorrer, ele pode vir para o Corinthians.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.