Divulgação/ Corinthians
Divulgação/ Corinthians

Corinthians anuncia a contratação do colombiano Cantillo

Volante colombiano assinou vínculo inicial por empréstimo até 2021 com compra obrigatória e vínculo estendido até 2023

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de janeiro de 2020 | 19h57

O Corinthians oficializou nesta quinta-feira a contratação do volante colombiano Victor Cantillo. O jogador já vinha treinando com o restante do elenco desde o início da semana, mas faltavam documentos para sacramentar a transação. 

O clube alvinegro acertou com o Junior Barranquilla contrato por empréstimo até junho de 2021, e compra obrigatória na sequência, com vínculo estendido até dezembro de 2023. O Corinthians pagará parcelado o total de 3 milhões de dólares (R$ 12,2 milhões) ao clube colombiano por 70% dos direitos econômicos do atleta.

Cantillo, de 26 anos, chega a pedido do técnico Tiago Nunes e substituirá Junior Urso, negociado com o Orlando City, dos Estados Unidos. O acordo demorou para ser fechado, pois o jogador recusou a primeira oferta do Corinthians, de 2 milhões de dólares (R$ 8 milhões). 

"Estou muito contente por ter assinado com o Corinthians. Espero que tudo saia muito bem e vai, Corinthians!", disse o novo reforço. Cantillo começou a carreira no Atlético Nacional-COL em 2013. Nos anos seguintes foi emprestado ao Leones e ao Deportivo Pasto. Em 2017, acertou com o Junior Barranquilla, onde atuou em 118 partidas e anotou quatro gols. 

Cantillo será o terceiro colombiano a vestir a camisa do Corinthians. O primeiro foi o volante Rincón, capitão na conquista do Mundial de Clubes de 2000, e que atuou no Timão entre 1997 e 2000, além de uma passagem em 2004. Também conquistou os Brasileiros de 1998 e 1999, bem como o Paulistão de 1999. O outro atleta nascido na Colômbia a jogar pelo Alvinegro foi Mendoza, que vestiu a camisa alvinegra entre 2015 e 2016, e participou do hexa do Brasileirão. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansVíctor Cantillo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.