Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Corinthians anuncia dispensa de Danilo Avelar após ofensas raciais em jogo de eSports

Clube paulista publica que 'repudia toda e qualquer manifestação de conotação racista' e que já está em conversas para fim do vínculo

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2021 | 18h56

O lateral-esquerdo Danilo Avelar não faz mais parte do elenco do Corinthians. A informação foi divulgada pelo próprio clube paulista em comunicado oficial, em decorrência ao episódio em que o jogador, durante uma partida de eSports, teve comportamentos racistas.

O episódio ocorreu na noite desta terça-feira, quando o jogador de 32 anos postou a frase 'filho de uma rapariga preta' para um rival durante uma partida de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO). Além de mostrar ofensas raciais, Avelar também foi misógino ao demonstrar desprezo por mulheres.

O caso tomou enormes proporções e o Corinthians disse que iria apurar o caso no decorrer desta quarta-feira. A entrevista coletiva do zagueiro João Victor chegou a ser cancelada. Então, o clube alvinegro anunciou no início da noite que Avelar não fará mais parte dos planos da equipe.

Avelar se mostrou arrependido e publicou em suas redes sociais após o caso tomar proporções enormes. Em seu Twitter, Avelar publicou: "Quero admitir meu erro. O que escrevi durante a partida não condiz com o que penso e o que vou ensinar a meu filho. Fui ofendido por um jogador estrangeiro na minha condição de brasileiro. Perdi a cabeça, mas infelizmente piorei a situação: cometi o grave erro de escrever a um adversário uma frase de conotação racista".

Confira a nota oficial abaixo:

O Sport Club Corinthians Paulista informa que está em contato com o atleta Danilo Avelar e seus representantes a fim de discutir e formalizar as medidas cabíveis para o encerramento do vínculo.

O Corinthians reafirma que repudia toda e qualquer manifestação de conotação racista, coerentemente com sua história de defesa da igualdade e da democracia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.