Nathalia Aguilar/ EFE
Nathalia Aguilar/ EFE

Corinthians anuncia o desligamento do lateral-esquerdo Sidcley

Emprestado pelo Dínamo de Kiev, jogador não será mais utilizado pelo clube, apesar de ter contrato até 31 de dezembro

Redação, Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2020 | 17h04

O Corinthians anunciou, nesta sexta-feira, a dispensa do lateral-esquerdo Sidcley. Emprestado pelo Dínamo de Kiev, o jogador poderá continuar a usar "toda a estrutura do CT Dr. Joaquim Grava" até o término do acordo no dia 31 de dezembro, informou o clube em um comunicado.

Como a devolução do atleta para o time da Ucrânia não está prevista em contrato, o Corinthians vai ter de manter o pagamento dos salários do jogador até o fim do compromisso com o clube de Parque São Jorge.

Em sua segunda passagem pelo Corinthians, que começou em janeiro, Sidcley não conseguiu entrar em forma e só atuou em 19 partidas, sem marcar gols. Seu empréstimo custou US$ 500 mil (cerca de 2,8 milhões, no câmbio atual).

O Corinthians teve dificuldades para pagar este valor, chegou a ser acionado na Fifa pelo Dínamo de Kiev, mas conseguiu fazer um acordo e afirma ter quitado a dívida.

Sidcley foi um dos jogadores que falharam no gol do América-MG, quarta-feira, na Neo Química Arena, na derrota no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. Após a derrota, por 1 a 0, o técnico Vagner Mancini afirmou que não iria "assistir passivamente" e anunciou mudanças na equipe. Para a lateral-esquerda, o técnico corintiano conta com Fábio Santos e Lucas Piton.

Tudo o que sabemos sobre:
SidcleyCorinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.