Reuters
Reuters

Corinthians oficializa a chegada do técnico português Vitor Pereira até o fim do ano

Após suspense e tentativas frustradas, diretoria alvinegra anuncia comandante para a temporada 2022

Redação, Estadão Conteúdo

23 de fevereiro de 2022 | 11h53

Depois de muito suspense, negociações frustradas ao longo de três semanas, e cobranças, a diretoria do Corinthians oficializou, nesta quarta-feira, a contratação do português Vitor Pereira, que estava desempregado após deixar o Fenerbahçe. O treinador assina até o fim da temporada.

O comandante chega ao Corinthians com mais cinco integrantes da comissão técnica, sendo dois auxiliares e um preparador físico. Ele substitui Sylvinho com a missão de tornar o time um protagonista e para acabar com o jejum de títulos de dois anos.

"Fala Fiel, no futebol as decisões não são simples. Como a gente está vendo por aí, não adiante ter pressa. O importante é definir o alvo, negociar, ter calma. Essa decisão demorou mais que a gente esperava, mas o resultado é exatamente o que a gente queria. Agora a gente da se boas-vindas a um cara que foi campeão onde passou e chega no Brasil pronto para trabalhar num clube único. E vai viver com a Fiel a loucura de ser Corinthians. Bem-vindo, Vitor Pereira, o novo técnico do Timão", anunciou o presidente Duílio Monteiro Alves em pronunciamento nas redes sociais.

O Corinthians passou as últimas horas interagindo com os torcedores antes de anunciar a chegada de Vitor Pereira. Colocou foto do presidente Duílio Monteiro Alves em Portugal. Depois ele "gravando" um depoimento. Teve música dos mamonas assassinas cantada em português e até chaminé com fumaça branca.

Vitor Pereira vai desembarcar no País até o fim de semana. Deve acompanhar o jogo contra o Red Bull Bragantino, domingo, das tribunas da Neo Química Arena e sua estreia oficial tende a ser no clássico contra o São Paulo, dia 5 de março, no Morumbi. O Corinthians será o 10° clube oficial da carreira do comandante de 53 anos. 

"Não gosto de fazer comparações sobre treinadores, pois já tive vários. O Vitor eu conheci pessoalmente em um jantar em Londres, mas não conversei muito. Espero que possa nos ajudar muito no que a gebte quer, o Corinthians brigando por título este ano", afirmou o meia-atacante Willian, um dos poucos titulares a treinar nesta quarta-feira.

O clube informou que 23 jogadores do elenco foram submetidos à terceira dose da vacina da covid-19 e muitos acabaram ausentes por sofrerem com as reações adversas, como diarreia e vômitos, entre eles Fagner, Fábio Santos, Paulinho, Renato Augusto, Giuliano e Róger Guedes.

Willian trabalhou em treino reduzido e falou mais sobre o novo comandante. "O Corinthians tem estrutura boa para qualquer profissional, mesmo de fora, um estrangeiro, algo que muitos clubes da Europa não tem. (No começo) Ele pode ter dificuldade na adaptação, pois não viveu no Brasil, mas creio que vai conseguir adaptar logo e bem e nós vamos procurar ajudá-lo ao máximo."

Quem é Vitor Pereira, novo técnico do Corinthians?

O português Vitor Pereira, de 53 anos, teve carreira modesta como jogador, atuando apenas por equipes pequenas. Sua carreira de técnico começou há 20 anos, passando por times menores até chegar ao posto de assistente do treinador André Villas-Boas no Porto em 2010. No ano seguinte, assumiu o cargo de técnico com a ida de Villas-Boas para o Chelsea. Na equipe portista, foi bicampeão português.

Em 2013, foi para a Arábia Saudita treinar o Al Ahly e, na temporada seguinte, se mudou para a Grécia para comandar o Olympiakos para o título grego e da Copa da Grécia. Também passou pelo Fenerbahçe, da Turquia, o 1860 Munique, da segunda divisão da Alemanha, e o Shanghai SIPG, em que conquistou o título chinês em 2018. Em julho do ano passado, esteve novamente no futebol turco para treinar o Fenerbahçe, mas foi demitido em dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.